Uma homenagem à mulher-mãe!

"E num dia de bendita magia, numa explosão de luz e flor, num parto sadio e sem dor, é capaz, bem capaz, que uma mulher da minha terra consiga parir a paz. Benditas mulheres." Rose Busko

quinta-feira, 24 de março de 2016

Em defesa do correto, por Shay Lopes

Quero manifestar minha indignação diante da Resolução 266 do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro – CREMERJ.

O histórico de uma quantidade enorme de médicos (disponível nas tabelas de taxa de cesárea disponibilizadas pelos planos de saúde) nos revela o grande apreço desses profissionais pela cesárea. Não é segredo que, devido ao tempo de espera para que o parto normal ocorra, financeiramente torna-se inviável para os médicos que precisam ter uma agenda cheia de consultas e cirurgias de cesárea marcadas. Dessa forma, é claramente esperado que o Conselho se mobilize para ir contra tudo aquilo que é favorável ao parto normal.

Doulas são grandes defensoras do parto normal, assim como do protagonismo da mulher. E a reação do CREMERJ contra elas se justifica claramente. Principalmente no que concerne à presença delas no Hospital Maternidade Maria Amélia – HMMA, onde elas têm liberdade de atuação, mediante a um cadastro feito previamente e acompanhado na maternidade.

Quero deixar meu relato em favor do correto! E, nesse caso, ao dizer “correto”, refiro-me ao excelente trabalho que doulas têm realizado no HMMA.

Fui diagnosticada com adramnia por um médico que tentava me persuadir a fazer uma cesárea. Com o auxílio da minha doula, fui ao HMMA e realizei novamente o exame que, segundo o médico, detectou a (falsa) adramnia. Como eu desconfiava, o resultado dado inicialmente, pelo tal médico que queria me forçar a uma cesárea, estava incorreto. Depois da constatação de que estava tudo bem comigo e com meu bebê, tive alta do HMMA. Horas depois da alta, o trabalho de parto se intensificou. Entrei em contato com a minha doula e fui ao seu encontro. Ela monitorou minhas contrações, fez massagens, me tranquilizou e esteve a minha inteira disposição, cuidando de mim e do meu bebê, minuto a minuto.

Com toda sua competência e experiência, depois de algumas horas, ela me disse que era hora de finalmente nos encaminharmos ao HMMA, para a chegada do meu bebê! Fomos! Em quarenta minutos chegamos lá! Como ela suspeitava, eu já estava com 9 de dilatação! Já saí da triagem com o roupão de internação e segui para a sala de parto.

Lá ficamos eu, ela e meu marido. Eu já em intenso trabalho de parto! De tempos em tempos, entrava uma enfermeira para monitorar os batimentos do meu bebê. Em um momento, a médica entrou também para verificar como estava a dilatação. Enfim, estava tudo dentro do esperado. A doula cuidando de tudo e me monitorando em tempo integral. Ela me orientava a como fazer a “força correta” para a expulsão do bebê, fazia massagens, me segurava e orientava meu marido quanto à forma que ele devia proceder para me auxiliar. 

Enfim, passadas aproximadamente 6 horas da minha chegada à maternidade, meu bebê nasceu! Lindo, saudável e forte! 

Quantos obstetras poderiam dispor de tempo para estar à disposição de cada uma das gestantes que acompanham? No meu caso, minha doula ficou comigo das 13h40 às 3h. Bastante tempo, não é mesmo?! Madrugada, não é mesmo?! Essa disposição e essa entrega não são para qualquer um!! E não venham me dizer que trata-se de uma desocupada e inculta, pois não é o caso! Trata-se de uma profissional com títulos que muitos médicos não têm!

5 comentários:

  1. Parabéns, Shay, pelo belo texto e por lutar pelo melhor para você e para o Bento! Muito orgulho!

    ResponderExcluir
  2. Shay, emocionante seu relato. Eu fiz parto cesaria, achava que estava fazendo o certo, o mais seguro para mim e para minha filha. Tive um Pós parto complicado e me pergunto, qual seria o parto correto!?! Ou melhor mais adequado!

    ResponderExcluir
  3. Ah, que lindo, amiga! Lutar pelo correto é sempre o melhor!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, Shay! Que lindo testemunho! Que bênção seu parto! Glória a Deus por tudo isso! DEUS OS ABENÇOE! Obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
  5. Lindo amiga! Acompanhei você de perto e creio que Deus a honrou por lutar pelo correto e o melhor para vocês.

    ResponderExcluir