Uma homenagem à mulher-mãe!

"E num dia de bendita magia, numa explosão de luz e flor, num parto sadio e sem dor, é capaz, bem capaz, que uma mulher da minha terra consiga parir a paz. Benditas mulheres." Rose Busko

domingo, 25 de agosto de 2013

O Renascimento do Parto

Atualmente, o Brasil figura como o país campeão mundial de cesarianas. Em 2010, pela primeira vez, o percentual de cesarianas superou o de partos normais, atingindo 52% do número total de nascimentos do país (hoje, estima-se que esse número esteja em 56%, sendo quase 40% na rede pública e mais de 80% na rede privada). Em contrapartida, a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda que essa taxa não ultrapasse 15%, sob o risco de graves consequências maternas e perinatais. Esse elevado índice de partos cirúrgicos está associado não apenas à vontade das mulheres, visto que pesquisas recentes demonstram que a maior parte das mulheres desejam ter um parto normal, mas sobretudo à comodidade de todo um sistema médico e financeiro que rege o nascimento. Além disso, diversos mitos colaboram para que as mulheres não queiram ou não consigam ter os seus partos de uma maneira fisiológica e natural.

Para agravar ainda mais a situação, em praticamente todos os partos vaginais ocorrem diversas intervenções perigosas, traumáticas e desnecessárias, demonstrando um grande descompasso entre a prática médica corrente e a medicina baseada nas mais recentes evidências científicas. Infelizmente, nota-se hoje um grande desconhecimento da fisiologia e das necessidades básicas de uma mulher em trabalho de parto, até mesmo entre os profissionais que atendem ao parto, fazendo com que vivamos um momento sem precedentes na história da humanidade, em que os “hormônios do amor” estão se tornando inúteis. Visando uma urgente e necessária mudança de paradigmas, o filme “O Renascimento do Parto” propõe uma reflexão sobre os rumos que o nascimento está tomando no século XXI.

Texto original disponível em: http://orenascimentodoparto.com.br/#/a-causa

Mais que um filme, uma causa. Assista e se encante!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário