Uma homenagem à mulher-mãe!

"E num dia de bendita magia, numa explosão de luz e flor, num parto sadio e sem dor, é capaz, bem capaz, que uma mulher da minha terra consiga parir a paz. Benditas mulheres." Rose Busko

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

101 Razões para Amamentar seu Bebê

Por: Marcus Renato de Carvalho + Ana Paula Viana para o Blog Melhor Assim

Quem trabalha com a promoção do aleitamento materno há alguns (muitos) anos, como eu, certamente conhece um ótimo documento chamado “101 razões para amamentar” (tradução de “101 Reasons To Breastfeed Your Child”, 1998). Uma das coisas mais legais desse texto é que ele apresenta vários motivos que fogem daqueles benefícios que já não são novidade pra ninguém (bebês mais saudáveis, bem nutridos, blá blá blá), além de apresentar os embasamentos científicos de cada razão, pra não deixar dúvidas.

Eu sou fã do texto na íntegra, porque ele reúne, de forma rápida e bem acessível, informações e motivos mais do que nobres que conseguem cativar desde o profissional de saúde mais desatualizado até a mãe de primeira viagem. Escolhi, no entanto, os meus “top 10” - e explico o porquê:
1) A amamentação promove a relação entre mãe e filho.

Saber que existe algo capaz de dar continuidade a àquela ligação maravilhosa e totalmente exclusiva que acontecia durante a gestação é delicioso. A amamentação prorroga o privilégio de ser única para o seu bebê, ainda que por tempo determinado – pelo que ouço de algumas mães, essa sensação dá uma saudade…

2) O leite materno fornece a alimentação perfeita ao bebê.

“Perfeição” é uma palavra que, com toda a certeza, não se encaixa em praticamente nada quando o assunto é “filhos”. Sendo assim, ter a certeza de que SIM!, você está sendo PERFEITA no quesito alimentação (e trazendo a reboque mais uma porção de benefícios que vão além dela) faz um bem danado à autoestima de qualquer mamãe.

3) Amamentar ajuda a mãe a perder peso depois que nasce o bebê.

São cerca de 600 a 800 calorias por dia quando a amamentação é exclusiva (só peito)! Quem prefere gastar isso suando horrores numa aula de spinning ou de localizada? Duvido…

4) A amamentação promove a efetividade das vacinas.

Essa pouca gente sabe. E eu acho um barato saber que podemos dar um empurrãozinho na BCG, na tríplice, na penta… e em todo aquele calendário vacinal que eu não consigo decorar de jeito nenhum.

5) O leite materno é grátis.

Já pararam pra pensar na fortuna que custa alimentar um bebê com leite em pó? As pessoas pensam somente no custo do próprio leite (o que já daria um absurdo: um recém-nascido consome mais de uma lata por semana), mas há também as mamadeiras e bicos, que devem ser comprados e substituídos de tempos em tempos, a água, o gás pra ferver a água, os apetrechos pra lavar e esterilizar tudo… Aff, além de pobre, eu ficaria exausta.

6) Mães que amamentam gastam menos tempo e dinheiro com consultas médicas.

Essa é uma consequência do aumento da imunidade do bebê amamentado. E como todo mundo que eu conheço reclama de falta de tempo, ou de dinheiro, ou de ambos… a amamentação torna-se a solução!

7) Alívio natural de dores no bebê. 
(nota pessoal: tomei a liberdade de substituir esse item)



O leite materno realmente contém substâncias químicas que suprimem a dor (endorfinas) . Além disto, é grande o conforto do bebê ao ser segurado no colo e mamar. Muitas contusões ou arranhões são aliviados quase que instantaneamente por apenas alguns momentos ao peito.

8) Facilita um bom desenvolvimento dos dentes e maxilares.

Essa é pra começar a puxar a sardinha pro meu lado profissional…

9) Melhor desenvolvimento da fala.

… E essa, complementa: amamentação é sinônimo de prevenção primária em Fonoaudiologia, reduzindo significativamente as chances de distorções na fala, na mastigação, na deglutição, nos padrões respiratórios… Gente, é praticamente um autoboicote profissional, já que quanto mais bebês amamentados, menos pacientes terei no consultório – mas a causa é nobre e eu corro esse risco feliz da vida.

10) É para isto que se destinam os seios.

Não precisa dizer mais nada!

Se você ficou curioso/a e quer ler o texto na íntegra, acesse:
E se você quiser aumentar essa lista e incluir outras razões para amamentar um bebê… mande-as pra cá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário