Uma homenagem à mulher-mãe!

"E num dia de bendita magia, numa explosão de luz e flor, num parto sadio e sem dor, é capaz, bem capaz, que uma mulher da minha terra consiga parir a paz. Benditas mulheres." Rose Busko

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Partejar

Assistência obstétrica como arte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário