Uma homenagem à mulher-mãe!

"E num dia de bendita magia, numa explosão de luz e flor, num parto sadio e sem dor, é capaz, bem capaz, que uma mulher da minha terra consiga parir a paz. Benditas mulheres." Rose Busko

quarta-feira, 17 de março de 2010

10 razões para praticar Yoga durante a gestação

A maioria das grávidas se beneficia com a prática da Yoga durante a gestação, mas para iniciá-la é preciso primeiro discutir essa possibilidade com seu obstetra. 

Para cada gestante uma rotina - isso porque cada mulher tem suas características físicas e limitações específicas. Alguns ajustes sempre são necessários para que se possa desfrutar plenamente dos benefícios da Yoga durante toda a gestação. Por isso é fundamental que a prática seja orientada por um instrutor habituado e preparado para lidar com esta fase.

Mas afinal, quais são os benefícios da prática da Yoga durante a gestação?



  1. Redução da fadiga, mesmo no primeiro trimestre de gestação. Isto também é verdade para aquelas grávidas que apresentam insônia. 
  2. Redução do tempo do trabalho de parto (pelo fortalecimento da musculatura, melhora na circulação e na respiração). 
  3. Melhoria na aparência da pele pelo aumento do fluxo sanguíneo para as extremidades. 
  4. Melhoria no processo respiratório. 
  5. Redução das dores associadas à gestação como dores lombares, nas pernas, articulares. 
  6. Redução do índice de cesarianas. 
  7. Redução da necessidade de episiotomias. 
  8. Aumento na sensação de prazer e bem estar pela liberação de endorfinas no organismo. 
  9. Aceleração da recuperação no pós-parto. 
  10. É um hábito que uma vez adquirido ninguém vai querer perdê-lo. Os benefícios para a saúde são bem conhecidos, como redução do risco de desenvolver doenças crônicas como diabetes mellitus, obesidade, hipertensão arterial e alguns tipos de tumores malignos. 

No pós-parto a mãe pode continuar a praticar Yoga sem abrir mão da companhia de seu bebê - é a Baby-Yoga.

Namastê... até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário